quarta-feira, julho 21, 2010


"Então, de repente, sem pretender, respirou fundo e pensou que era bom viver. Mesmo que as partidas doessem, e que a cada dia fosse necessário adotar uma nova maneira de agir e de pensar, descobrindo-a inútil no dia seguinte - mesmo assim era bom viver. Não era fácil, nem agradável. Mas ainda assim era bom. Tinha quase certeza."

3 comentários:

Pelo amor ou pela dor .. ! * disse...

Que texto lindo, independente da tristeza que se sente, é sempre bom saber , que não ha nada melhor do que viver.
te acompanho sempre.

Ana Carolina Polo disse...

Não ha nada melhor do que viver! E enfrentar tudo de cabeça erguida. Adorei o seu texto...

Hérida Moreira disse...

Só vivendo podemos sentir tudo que sentimos, podemos ser felizes ou tristes, mas sabemos que tem um coração pulsando dentro de nós.
Belo blog! :*